Compilador COBOL gratuito

O GnuCOBOL é provavelmente a melhor opção para quem quer aprender a programar em COBOL mas não tem acesso a um compilador comercial. Conheça um pouco mais sobre esse projeto e como ele pode ajudá-lo.

O que é o GnuCOBOL?

O GnuCOBOL é um compilador COBOL gratuito, distribuído sob a GNU General Public License, da Free Software Foundation (FSF).

Esse compilador começou a ser desenvolvido em 2001 por Keisuke Nishida e Roger While com o nome de OpenCOBOL. Em 2013, virou um projeto GNU, ganhou o nome de GnuCOBOL e passou a contar com diversos colaboradores.

Uma curiosidade: Keisuke Nishida já havia colaborado com o brasileiro Rildo Pragana no desenvolvimento de um outro compilador, chamado TinyCOBOL.

O GnuCOBOL incorpora a maior parte dos padrões conhecidos como COBOL/85 e COBOL/2002, além de algumas extensões disponíveis em diversos compiladores de mercado, como o Micro Focus COBOL e o AcuCOBOL.

Como funciona?

O GnuCOBOL traduz o seu programa fonte de COBOL para C, e em seguida compila esse programa em C usando o gcc, uma “coleção” de compiladores também distribuído gratuitamente pela FSF.

Essa solução permite que o GnuCOBOL seja usado em diferentes plataformas:  Unix/Linux, Mac OS X, Microsoft Windows, OS/400, z/OS 390, OpenSolaris entre outros.

Como instalar?

Os binários e fontes do COBOL estão disponíveis na SourceForge. Mas, antes de baixar, vale a pena dar uma olhada no site oficial do GnuCOBOL. Clicando aqui você vai direto para a seção que explica o processo de instalação em diferentes plataformas.

Onde obter mais informações?

Na página de faq do GnuCOBOL você encontra todo tipo de informação: história do projeto, nomes dos colaboradores, dialetos suportados, procedimentos de instalação, incompatibilidades com outros compiladores conhecidos, extensões disponíveis etc.

A página da SourceForge tem também algumas informações sobre o andamento do projeto e algumas evoluções que ainda estão em beta-teste.

Existe também um manual excelente, escrito por Gary Cutler, chamado GnuCOBOL Programmers Guide. Esse documento é melhor do que muito manual oficial de compiladores comerciais. A versão mais recente é de 2013.


 

Publicado por

P.A.Dias

Paulo André tem mais de 30 anos de experiência em desenvolvimento e manutenção de sistemas em plataforma mainframe. Atuou como programador, analista, coordenador técnico, gerente e executivo de projetos em uma multinacional da área de Tecnologia da Informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *